Mais crianças atendidas com apoio do poder público: Prefeitura assina termo de fomento com o valor mais expressivo de repasse à Pastoral do Menor da história do município

O prefeito Joaquim Neto esteve, na manhã desta segunda-feira (7), com o secretário de assistência social, Alfredo Menezes, e com representantes da Pastoral do Menor, que atende a crianças e adolescentes vítimas de violência e em situação de vulnerabilidade social, para assinar um termo de fomento que vai aumentar em 388% o repasse municipal à instituição.

Isso significa, na prática, que a Pastoral do Menor terá a capacidade para atender a cerca de 30 crianças e adolescentes, e não apenas 20 – número de vagas ofertadas anteriormente.
O documento assinado informa que o novo repasse será de R$ 11 mil por mês, aumentando consideravelmente o valor de R$ 2250 que era encaminhado no período anterior.

“Foi uma ampliação da parceria que o município fez com a pastoral. Na instituição, são atendidas crianças abandonadas pela família ou cuja guarda foi tirada dos pais. Então, além de ser humanitário, é uma atitude cidadã, de criar crianças e prepará-las para a vida. Nós queremos também, a partir de agora, dar apoio para a adoção dessas crianças. A gente precisa avançar na sensibilização da sociedade”, ressaltou o secretário de assistência social, Alfredo Menezes.

Segundo ele, o termo assinado demarca o repasse mais expressivo da história do município junto à Pastoral e atende a uma necessidade urgente que é a inserção, na sociedade, da criança e do adolescente em situação de risco por meio de programas sócio-educativos e de acolhimento.

A medida, que estimula a formação de jovens cidadãos e favorece a inclusão social, dá um novo fôlego para a instituição fundada em 1985 pelo Pe. Freddy Goven, que continua atuando para tirar crianças e adolescentes das situações de vulnerabilidade social.

Os programas desenvolvidos pela Pastoral do Menor têm como intuito encorajar a autonomia dos assistidos e contribuir para a aprendizagem. A assinatura do termo de fomento, que permite a essas crianças o amplo desenvolvimento, é mais uma iniciativa do prefeito Joaquim Neto que, na manhã desta segunda-feira, reforçou não apenas a importância do ato, mas a preocupação do município em garantir saúde, segurança e qualidade de vida para as crianças e jovens da região.

 

Por: Prefeitura de Alagoinhas

Use o Facebook para comentar sobre este post