Manifestação contra a prisão do ex-presidente Lula deixa trânsito congestionado no Iguatemi e na Paralela

Grupo fechou a Av. ACM, sentido Paralela, e bloqueia o trânsito na Av. Caribé, perto do aeroporto. Transalvador orienta que motoristas evitem trafegar nos locais.

Um grupo de manifestantes que é contra a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) fechou um trecho da Avenida ACM, em frente ao Shopping da Bahia, na tarde desta sexta-feira (6). O protesto começou por volta das 15h20 e deixa o trânsito bastante complicado em umas das principais vias da capital, no sentido aeroporto.

O juiz federal Sérgio Moro determinou que o petista se apresente até as 17h desta sexta-feira (6) à Polícia Federal, em Curitiba, para começar a cumprir pena de 12 anos e 1 mês de prisão, com início em regime fechado, por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Protesto deixa trânsito intenso na Avenida ACM

Protesto deixa trânsito intenso na Avenida ACM

Até por volta das 16h30, cerca de 500 pessoas participavam da manifestação, entre estudantes de escolas públicas e representantes de centrais sindicais, como a CUT e a CTB.

Apenas motociclistas conseguem furar o bloqueio feito pelos manifestantes. Segundo a Transalvador, o protesto causa congestionamento também na Av. Bonocô e no Acesso Norte, que liga o centro à BR-324, principal saída da cidade.

Fila de ônibus na via exclusiva na região do Iguatemi, em Salvador (Foto: Maiana Belo/ G1)

Fila de ônibus na via exclusiva na região do Iguatemi, em Salvador (Foto: Maiana Belo/ G1)

O órgão de trânsito orienta que os motoristas evitem a região do Iguatemi e sigam por vias alternativas, como Luís Eduardo Magalhães, Rótula do Abacaxi e Thomas Gonzaga, em Pernambués.

Alguns rodoviários deixaram os ônibus durante o protesto em Salvador (Foto: Maiana Belo/ G1)

Alguns rodoviários deixaram os ônibus durante o protesto em Salvador (Foto: Maiana Belo/ G1)

Na Via Exclusiva de Ônibus que fica entre a região do Detran e do Shopping da Bahia, há uma fila de coletivos parados. Alguns rodoviários deixaram os veículos.

Avenida Paralela fechada nas imediações do aeroporto de Salvador (Foto: Arquivo Pessoal)

Avenida Paralela fechada nas imediações do aeroporto de Salvador (Foto: Arquivo Pessoal)

De acordo com a Transalvador, por volta das 15h30, um grupo que também é contra a prisão do ex-presidente Lula, fechou a Avenida Caribé, no trecho perto da Avenida Paralela e do aeroporto da capital, sentido Lauro de Freitas.

Até por volta das 16h, o congestinamento já atingia o trecho do Bairro da Paz, na Paralela. A Transalvador orienta que os motoristas evitem a via. A alternativa é, para quem já está na Paralela, seguir pela Av. Orlando Gomes e pegar a orla. Para quem vem do centro, o órgão de trânsito indica seguir direto pela orla.

Por volta das 16h30, cerca de 500 pessoas participavam da manifestação na região do Iguatemi (Foto: Cristiano Santos/ Arquivo Pessoal)

Por volta das 16h30, cerca de 500 pessoas participavam da manifestação na região do Iguatemi (Foto: Cristiano Santos/ Arquivo Pessoal)

Protesto contra a prisão do ex-presidente Lula em Salvador (Foto: Maiana Belo/ G1)

Protesto contra a prisão do ex-presidente Lula em Salvador (Foto: Maiana Belo/ G1)

Sul do estado

Manifestantes bloqueiam BR-101, entre as cidades de Itamaraju e Teixeira de Freitas, na região sul da Bahia, na tarde desta sexta-feira (Foto: Divulgação/PRF)

Manifestantes bloqueiam BR-101, entre as cidades de Itamaraju e Teixeira de Freitas, na região sul da Bahia, na tarde desta sexta-feira (Foto: Divulgação/PRF)

Na BR-101, entre as cidades de Teixeira de Freitas e Itamaraju, região sul da Bahia, manifestantes que também são contrários à prisão do ex-presidente Lula, bloqueiam, na tarde desta sexta-feira, os dois sentidos da rodovia, km-831. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a manifestação começou por volta das 15h20. Ainda de acordo com a polícia rodoviária, durante a manhã também houve mobilização com interdição de pista no local.

Protestos pela manhã

Grupo bloqueia trânsito na altura do bairro dos Barris, em Salvador (Foto: Paulino Silva/TV Bahia)

Grupo bloqueia trânsito na altura do bairro dos Barris, em Salvador (Foto: Paulino Silva/TV Bahia)

Na manhã desta sexta, grupos contrários à prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) fizeram protestos na capital e no interior da Bahia.

Em Salvador, o trânsito foi bloqueado na região dos Barris. A manifestação começou por volta das 11h, com uma caminhada da região dos Barris até as proximidades da Estação da Lapa, e foi finalizada por volta das 12h30.

De acordo com a Superintendência de Salvador (Transalvador), por volta das 11h40, os manifestantes fecharam a Praça João Mangabeira, nos dois sentidos da via, para o Dique do Tororó e os Barris. O trânsito ficou congestionado na região.

A Transalvador fez desvios no retorno da Arena Fonte Nova e na Avenida Centenário, no viaduto dos Reis Católicos.

Manifestantes queimaram pneus na BR-116, contra prisão do ex-presidente Lula (Foto: Divulgação/ CUT)

Manifestantes queimaram pneus na BR-116, contra prisão do ex-presidente Lula (Foto: Divulgação/ CUT)

No interior, houve manifestação na BR-116, no entrocamento da cidade de Lamarão, perto do município de Serrinha. Agricultores fecharam a rodovia por volta das 7h, na altura do km 370. Eles saíram do local por volta das 8h10. O número de pessoas que participou do ato não foi informado pela polícia.

Na BR-101, integrantes do Movimento Sem Terra (MST) protestaram em dois trechos da rodovia, na manhã desta sexta-feira. De acordo com a PRF, os trecho do km 875, em Teixeira de Freitas, foi interditado por volta das 9h30. No mesmo horário, foi interditado o km 831, em Itamaraju.

Outro trecho da BR-101, na cidade de Arataca, sul da Bahia, também foi fechado por manifestantes, por volta das 11h. Eles incendiaram objetos e interrompem os dois sentidos da via, na altura do Km-566. O trecho é próximo a um acampamento do MST.

Na mesma rodovia, um grupo de pessoas fechou trecho da rodovia localizado na cidade de Eunápolis, no sul do estado, por volta das 9h30. A interrupção no tráfego ocorreu na altura do Km-708, local conhecido como trevo da Embaúba.

Houve proteto também na BR-235 (Foto: Leidiane Gomes)

Houve proteto também na BR-235 (Foto: Leidiane Gomes)

Na BR-235, o protesto também foi de integrantes do MST e começou por volta das 10h, entre os municípios de Casa Nova e Santana, com interdição total da pista.

Na BR-367, trecho de Porto Seguro, sul do estado, manifestantes fecharam os dois sentidos da rodovia, por volta das 10h. Segundo a PRF, o grupo usou diversos objetos para fechar a via, na altura do Km-50, próximo ao trevo da BR-367 com BA-001, que liga a rodovia federal a Arraial D’Ajuda.

Na BR-330, por volta das 11h, manifestantes fecharam também os dois sentidos da rodovia, no Km-753, altura da cidade de Jitaúna, no sul da Bahia. O grupo colocou fogo em objetos, como lenhas e pneus.

Por: G1 Ba

Use o Facebook para comentar sobre este post