SAÚDE COMO PRIORIDADE: GOVERNO JOAQUIM NETO FECHA ANO COM NOVOS CENTROS DE ATENDIMENTO E AVANÇAS NO SETOR

A gestão municipal de Joaquim Neto colocou a Saúde como um dos pontos de prioridade nas ações desenvolvidas pelo município.

O governo começou trabalhando desde o início do ano com a abertura dos postos de coletas nos distritos de Riacho da Guia e Boa União, além da recomposição das equipes dos postos de saúde que estavam desfalcadas por conta da demissão em massa ocorrida na gestão passada, após as eleições.

Em abril, Alagoinhas garantiu uma nova ambulância para o SAMU equipada para suporte avançado e, em junho, a Prefeitura viabilizou a contratação de 12 profissionais aprovados em processos seletivos, entre médicos socorristas, enfermeiros, dentistas e auxiliares de saúde bucal.

No dia 2 de julho, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SESAU), o poder público municipal inaugurou a nova Unidade de Saúde Maiza Teles, na Morada do Sol e, no mesmo mês, intensificou os serviços de prevenção ao câncer de colo de útero, com mutirões que se estenderam até agosto.

Em números absolutos de atendimentos prestados durante o ano, a SESAU contabiliza mais de 900 procedimentos de Saúde do Homem realizados pela ação “Hora H”, em setembro e novembro, somados aos mais de 700 procedimentos computados pelo programa “Momento M” em Outubro, na Policlínica Municipal, sem contar as ações da Campanha Dezembro Laranja, que computou 106 atendimentos em um único dia também na Policlínica.

Entre novembro e dezembro deste ano, a Prefeitura, por meio da Secretaria de Saúde, inaugurou mais dois novos serviços que não existiam no âmbito do município e uma nova sede para atendimento de pacientes que precisam de acompanhamento de fisioterapia. A partir de agora, Alagoinhas conta com uma sede mais ampla para a Unidade de Reintegração Funcional (URF) e com um Centro de Atenção Integral ao Diabético e Hipertenso (CAIDH), além de um Centro Especializado de Cuidados em Anemia Falciforme (CECAF).

São cidadãos alagoinhenses beneficiados por unidades especializadas que oferecem, a partir de agora, um acompanhamento multidisciplinar que atende às necessidades específicas de cada caso nesses segmentos, facilitando o acesso ao tratamento de qualidade na região.

De acordo com o Secretário de Saúde Rodrigo Matos, “a importância desses centros não é tirar o indivíduo da Unidade Básica de Saúde, mas ter uma estrutura que complemente e qualifique a rede municipal de saúde pública”.

Além das novas unidades para atendimentos especializados, a SESAU realizou um trabalho completo e integrado nas campanhas deste ano: foram ações de prevenção ao suicídio desenvolvidas durante todo o mês de setembro, promoções de conscientização e mutirões de preventivo no Outubro Rosa, com mais de 200 atendimentos realizados, palestras sobre a saúde do homem no Novembro Azul, marcado pelo “Hora H”, campanhas de prevenção ao câncer de pele e também de saúde bucal, além de parcerias que ofereceram atendimentos gratuitos em diversas localidades.

Só em novembro, por exemplo, o ônibus da saúde circulou por mais de 20 locais da cidade e, a cada visita, foram realizadas cerca de 30 consultas médicas, 12 odontológicas e 12 coletas de exame preventivo.

Outro destaque foi a realização de 14 cirurgias de catarata, em parceria com a Santa Casa de Misericórdia, que foram viabilizadas no município pela primeira vez em um período de 10 anos. “Depois de aproximadamente dez anos, conseguimos, na gestão do Prefeito Joaquim Neto, ativar um serviço tão importante para a população”, declarou Rodrigo Matos em junho deste ano, quando as cirurgias começaram a ser feitas em pacientes encaminhados pela SESAU.
No quesito “vacinação”, as campanhas também se mostraram efetivas: crianças e adolescentes foram vacinados nos mais de 20 postos municipais. As vacinas BCG, Hepatite B, VIP, VOPb, rotavírus, pneumocócica 10 valente, meningocócica C conjugada, febre amarela, tríplice viral, tetra viral, DTP, Hepatite A e varicela foram disponibilizadas para crianças menores de 7 anos. Dos 7 aos 15, adolescentes puderam se imunizar contra Hepatite B, febre amarela, tríplice viral, DT, DTpa, meningocócica C conjugada, HPV e varicela.

E quando o assunto é Saúde Bucal, Alagoinhas virou exemplo premiado no estado. É que a Secretaria promoveu ações educativas em escolas, desenvolveu programas de assistência básica odontológica e ainda implementou o serviço de odontopediatria no Centro de Especialidades Odontológicas (CEO II). Em maio deste ano, a Clínica Odontológica Municipal já havia triplicado o número de atendimentos em relação ao mesmo período do ano anterior e, em dezembro, a cidade foi reconhecida pelo Conselho Regional de Odontologia da Bahia (CRO-BA) como um dos três municípios baianos que melhor desenvolveram ações e prestaram atendimentos à população, conquistando o terceiro lugar no Prêmio Brasil Sorridente.

Mas, as atividades da Secretaria não pararam por aí; parcerias entre a SESAU e o Centro Tecnológico de Aprendizagem Senhora Santana (CETASS) levaram atendimentos de saúde gratuitos à Praça Barão do Rio Branco e iniciativas em conjunto com a Secretaria Municipal de Assistência Social (SEMAS) trouxeram serviços médicos ao estacionamento da prefeitura.

A SESAU desenvolveu também projetos de incentivo à atividade física para os servidores municipais e realizou dinâmicas educativas junto às escolas, apostando na prevenção e ressaltando as práticas diárias que interferem diretamente na qualidade de vida.

Para 2018, as metas são ainda maiores: ampliar as equipes de saúde da família, requalificar as unidades físicas da Rede Municipal, implantar as unidades de pronto-atendimento (UPAs) e o Hospital de Alagoinhas especializado em cirurgias eletivas, assegurando à população a continuidade dos avanços e o acesso a serviços de qualidade para tratamentos de média e alta complexidade.

 

Use o Facebook para comentar sobre este post