Segunda-feira, 25 de Março de 2019
Esporte

Apresentado, Rogério dispensa apelido de “Neymar do Nordeste” e mira títulos pelo Bahia

Atacante de 28 anos é apresentado como novo jogador tricolor: “Vim para o Bahia para conseguir títulos e conquistar a Copa do Nordeste”

Publicada em 08/01/19 às 14:56h - 38 visualizações

por Ruan Melo — Salvador


Compartilhe
   

Link da Notícia:

Rogério veste a camisa do Bahia pela primeira vez  (Foto: Felipe Oliveira/Divulgação/EC Bahia)
Foi no Nordeste do Brasil que o atacante Rogério construiu boa parte de sua carreira. Apresentado como novo jogador do Bahia na manhã desta terça-feira, o jogador inicia sua sexta passagem por um clube da região. Aos 28 anos, o atleta natural de Pesqueira, em Pernambuco, já passou por Porto de Caruaru, Central, Náutico, Vitória e Sport. As passagens, contudo, deixaram a desejar a conquista da Copa do Nordeste, principal competição regional.

No currículo, Rogério tem a conquista do Campeonato Pernambucano de 2017, a Taça Ariano Suassuna (2017 e 2018) e a Copa Pernambuco (2011). Contratado pelo Bahia até maio de 2021, ele mira o Nordestão, mas também outros títulos pelo Tricolor.

- Jogador vive de títulos. Vim para o Bahia para conseguir títulos e conquistar a Copa do Nordeste. O Bahia é sempre finalista, chega sempre na reta final. É uma oportunidade para ser campeão – disse Rogério.

No que depender do diretor de futebol do clube baiano, Diego Cerri, a passagem do atacante vai ser ainda mais longa. Responsável por fazer a apresentação do jogador, Cerri destacou as qualidades do jogador.

- Rogério é um atacante com boa experiência no futebol, embora tenha uma idade muito boa, está no auge do atleta, tem 28 anos. Passou por grandes equipes do futebol brasileiro, está vindo do Sport, seu último clube, foi comprado do São Paulo alguns anos atrás. Veio em definitivo para nós, em negociação de oportunidade. Vai ficar conosco com contrato de dois anos e meio, talvez fique mais. Vamos ver como as coisas evoluem. Temos uma perspectiva muito boa, sabemos do que ele pode render. Nunca trabalhamos juntos, mas ele enfrentou muitas vezes o Bahia. Certeza que vem muito motivado, conversamos bastante. Mais um atleta que estará à disposição, brigando por posição nos lados do campo, já jogou de falso nove, oferece possibilidades ao Endeson Moreira. Quero desejar toda sorte na caminhada juntos, que possa nos ajudar muito neste ano.

Na passagem pelo São Paulo, Rogério até ganhou um apelido. Chamado na época de “Neymar do Sertão”, o atacante afirma que prefere ser conhecido mesmo pelo seu nome de batismo.

- Esse apelido pegou no São Paulo, a torcida botou esse apelido. Aí ficou. Independente disso, sou Rogério e quero fazer história no Bahia com o nome Rogério - afirmou.

Ele chega ao Bahia depois de uma temporada de péssimos resultados pelo Sport, que foi rebaixado para a Segunda Divisão do Campeonato Brasileiro. Na temporada 2018, ele fez 36 jogos, 28 deles como titular, marcou três gols e contribuiu com outras quatro assistências.

- A gente vê a superação do jogador, vive ali dentro de campo. Tem que superar. É difícil, complicado para o atleta ser rebaixado, mas não podemos baixar a cabeça. Temos sempre que buscar as vitórias. Isso que venho buscar no Bahia, os triunfos. Meu momento é trabalhar para que venha fazer o que sempre fiz, boas partidas, gols, momentos importantes, como no São Paulo, como no Sport, fiz gols importantes, no Bahia não será diferente. Vou trabalhar bastante para conseguir muitos triunfos no Bahia.

O atacante é o quarto jogador contratado para o sistema ofensivo do Tricolor, que já confirmou Guilherme, Iago e Artur. O meia Shaylon está perto de ser anunciado. Para ganhar vaga na frente, Rogério destaca a versatilidade para atuar em várias funções.

- Acho que jogador hoje no futebol, que está moderno, tem sempre que estar adaptado para qualquer função. Fiz várias vezes a função de nove, meia, ponta, tem que estar adaptado. O que o professor precisar, estou apto para fazer - garantiu.

O Bahia faz seu primeiro jogo do ano no dia 16 de janeiro, quando enfrenta o CRB, pela Copa do Nordeste, na Arena Fonte Nova. A primeira partida pelo Campeonato Baiano será quatro dias depois, diante do Fluminense de Feira, no Joia da Princesa.



ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário






Nosso Whatsapp

 (75) 9 8142-1565

Visitas: 21718
Usuários Online: 20
Copyright (c) 2019 - A Voz da Cidade - © 2018 A Voz da Cidade. Todos os direitos reservados.