Mundo

Brasil não responde convite para aliança que busca vacina contra Covid-19

Publicada em 05/05/20 às 09:13h - 252 visualizações

por André Spigariol/CNN Brasil


Compartilhe
Compartilhar a notícia Brasil não responde convite para aliança que busca vacina contra Covid-19  Compartilhar a notícia Brasil não responde convite para aliança que busca vacina contra Covid-19  Compartilhar a notícia Brasil não responde convite para aliança que busca vacina contra Covid-19

Link da Notícia:

Brasil não responde convite para aliança que busca vacina contra Covid-19
Aliança global arrecadou € 7,4 bilhões destinados à vacina, testagem e medicamentos contra a Covid-19  (Foto: Bing Guan)

O Brasil recebeu reiterados convites da União Europeia e de países como França, Noruega, Alemanha, Reino Unido e Arábia Saudita para se juntar à aliança global que arrecadou € 7,4 bilhões nessa segunda-feira (4) destinados à vacina, testagem e medicamentos contra a Covid-19. Apesar da insistência dos organizadores do evento, o Itamaraty não ofereceu resposta e deixou de participar do evento de lançamento da iniciativa. 

Fontes diplomáticas relataram à CNN que todos os países membros do G20 foram convidados, formalmente, e que representantes do bloco e de outras nações que capitanearam a iniciativa chegaram a telefonar para o embaixador Norberto Moretti, secretário de Comércio Exterior e Assuntos Econômicos do Itamaraty, representante brasileiro junto ao G20. 

“Diplomatas conversaram com o Moretti e com outras autoridades do Itamaraty e todas as indicações eram positivas. Ele demonstrou que tinha a compreensão da importância do evento. A impressão que eu tinha é que íamos poder contar com o Brasil nesta ocasião”, disse à CNN um diplomata estrangeiro, que pediu para não ser identificado.

Outras ausências no evento de ontem notadas pela comunidade internacional foram a da Rússia e dos Estados Unidos. Em abril, o presidente Donald Trump anunciou a suspensão dos repasses americanos à OMS. Apesar de frequente aliado dos EUA em fóruns multilaterais, Israel participou do evento. Tel-Aviv possui uma parceria científica de longa data com a União Europeia.

Contribuições

Entre as maiores contribuições, a Comissão Europeia prometeu € 1,4 bilhão. Em seguida, o Japão se comprometeu a doar € 730 milhões, enquanto a Alemanha ofereceu € 525 milhões. O presidente Emmanuel Macron, da França, anunciou uma contribuição de € 500 milhões, enquanto o Reino Unido prometeu € 441 milhões. 

Na América Latina, apenas o México se juntou à aliança, com uma doação de € 274 mil. Entre os Brics, China e África do Sul também anunciaram doações de € 45,6 milhões e € 1,8 milhão, respectivamente. Ao todo, a iniciativa já captou € 7,4 bilhões, bastante próxima da meta inicial de € 7,5 bilhões.

A proposta permanece aberta a novas doações e participações do Brasil e de outros países. Procurado, o Itamaraty não respondeu aos questionamentos da CNN sobre a ausência brasileira até o fechamento desta reportagem.




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (75) 9 8142-1565

Visitas: 240721
Usuários Online: 4
Copyright (c) 2022 - A Voz da Cidade - © 2018 A Voz da Cidade. Todos os direitos reservados.